bem vindos

Barrinha MaynaBaby

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

AS RAPOSINHAS NO CASAMENTO

por Miss.ª Valéria Pessoa - 
extraído do Livro Raposinhas que destroem o casamento
e do Livro de Cantares de Salomão (utilizando a Bíblia da Mulher)

CANTARES DE SALOMÃO 2:15  
“apanhai-me as raposas, as raposinhas que fazem mal às vinhas, 
porque as nossas vinhas estão em flor”.

Se lermos todo o livro de cantares, encontraremos preciosidades. 
E certamente Salomão falava dele mesmo em seus cânticos. 
Ele foi um homem que escreveu mais de 3 mil provérbios e mais de 1000 cânticos, 
ninguém pode negar que foi um rei dotado por Deus de muita sabedoria, 
o versículo 15 do capítulo 2 é uma mostra disso, realmente é uma pérola de sabedoria.

A imagem das raposinhas é uma alegoria dos problemas que podem incomodar 
ou destruir o relacionamento do casal. Essa imagem revela que a vida das pessoas 
não é destruída pelo que podemos chamar de problemão e sim pelos probleminhas, 
muitas vezes são as raposinhas que causam os maiores problemas no casamento, 
elas não deve ser ignoradas para que juntos, o casal possam tratá-las.

Vamos esclarecer que Nada, absolutamente Nada acontece da noite para o dia, 
mas sim porque vem se arrastando dia após dia, na verdade 
é uma série de escolhas e concessões que o individuo faz que aparentemente 
são insignificantes, muitas vezes são as raposinhas difíceis de enxergar.

Nesse encontro vamos abrir os olhos, pedir a Deus para abrir nossos olhos e dar a 
visão do Senhor pra nossas vidas, para que possamos enxergar as raposinhas de Satanás, 
para enxergarmos as brechas que estamos abrindo e podermos fechá-las a tempo, 
antes que as raposinhas entrem e cause o maior estrago.

Quando um rapaz ou uma moça procura um namorado(a), 
antes de namorar, ele(a) estuda a(o) escolhida(o), como? – 
Sabendo do que gostam, seus programas preferidos, suas roupas, seus melhores amigos e por ai vai.
Quando se casam isso acaba? , Por que?
- Não depois que se casa, o cidadão, deveria fazer uma faculdade, o namoro foi apenas o primeiro grau, 
o noivado o segundo grau e o casamento se está na faculdade, 
dentro da faculdade você tem que estudar muito mais, e depois que sair da faculdade não pense que acabou, 
procure fazer uma pós graduação, depois um mestrado e depois um doutorado, 
torne-se PHD do seu marido e PHD da sua esposa.

Quando os bonitinhos nascem são criados por um pai e uma mãe na grande maioria dos casos, 
são bombardeados de informações todos os dias, vendo como o pai trata a mãe e vice versa, 
essas informações vão moldando essa pessoa, daí quando ele(a) se casam, 
nada mais lógico do que levar essa bagagem consigo. ERRADO.

Lógico que você não vai poder arrancar o que você aprendeu e apreendeu durante toda sua vida, 
mas poderá melhorar, desacreditar nisto, é desacreditar que Deus pode fazer tudo novo, 
na bíblia está escrito que o “velho homem morreu e nasceu um novo homem”.

Uma das muitas queixas que escuto, é:
- “Quando ela(e) me conheceu eu já era assim”;
                                 OU a vencedora de todos os comentários
- “Ah! Eu nasci assim, vou morrer assim”.

Isso é engano, é uma das raposinhas do relacionamento, é uma brecha aberta pra Satanás entrar, 
você pode cercar toda sua vinha, trabalhar nela com prazer, mas se deixar uma pequena brecha, 
a raposinha entra e consome tudo e o desastre é grande.

Saiba como dividir seu tempo, 70% para relação os outros 30% são seus.
Têm casais, que não sabem dividir seu tempo. Quando namoram muitas vezes, 
arranjam tempo pra namorada no jogo de futebol. Já no casamento...”Ah mulher não me enche o saco”.
Se é a mulher....”Ai benzinho, não tem problema não, vou me encontrar com minhas amigas no shopping” 
ou “Eu posso ir junto”. Então, quando casam..., “Mas agora você só pensa em futebol”.
E então o inferno se instala dentro do relacionamento.

Saiba também como pedir os 70% que são seus e usar os seus 30%
Quando o(a) menino(a) nasce o que 1º lhe é dado como presente?
- uma bola, daí o menino aprende a usá-la e passa metade da sua infância e juventude nisso, 
quando casa, a mulher quer tirar o jogo de futebol, de uma hora pra outra e a força.
- uma boneca, daí a menina aprende a maquiar, trocar de roupa, fazer compras, quando casa, 
o marido quer tirar o shopping, o salão de beleza de uma hora pra outra e a força.

Como é essa força? Se for a mulher começa com greve, greve de comida, 
de roupa limpa, de sexo e ae vai. Se for o homem, começa com o corte dos gastos.

Tenho visto muitos casais passarem por orientação conjugal por causa dessas coisinhas. 
Em muitos casos também tenho visto, casais que não usam seus 30%, mas uma coisa é certa, 
casais que se utilizam de seus 30% são pessoas mais felizes consigo mesmo e por conta disso se doam mais na relação e os 70% são agradáveis e de muito boa qualidade. Não gaste seus 30% só na igreja não, 
Deus não quer isso. Na Palavra mesmo está escrito. “Há um tempo pra tudo”; 
“Qdo solteira(o) cuida das coisas do Senhor em como há de agrada-lo. 
Qdo casado(a), cuida das coisas do mundo em como há de agradar a(o) esposa(o)”.

Em cantares de Salomão vemos claramente que o casal queria que 
qualquer coisa que pudesse potencialmente causar problemas entre eles fosse eliminada.
Abra os seus os olhos nesta noite, receba uma visão de Deus, 
permita Deus mudar suas atitudes e pensamentos.
Além de receber uma enorme carga genética dos pais, também aprende os primeiros passos da vida, 
seus pais o guiaram até o casamento, agora dentro do casamento, permita o pai celestial guiar seus passos, 
deixa-o moldar essa relação, mas Ele não entra se não o convidarmos.
Assim como um triângulo tem 3 pontas, assim a relação deve ter 3 pessoas, 
e o Senhor nosso Deus deve estar no ápice do triangulo, acima da relação marido e esposo, 
só está a relação com nosso Deus, nem mesmo os filhos vêm acima dessa relação, 
quanto dirá pais, irmãos e amigos.
Não perdemos o respeito pelos pais, isso jamais, mas de modo algum 
eles são principais na relação conjugal.
A Bíblia nos diz: “Deixará pai e mãe e unir-se-á a uma mulher”, 
deixar aqui não quer dizer abandonar a própria sorte esquecê-los, mas sim viver o cônjuge, 
o que aprendeu na infância e juventude nem tudo serve ou agrada no casamento, 
então passe a investir nessa relação, doando-se mais.
O casamento é uma estrada de mão dupla. Vai e vem, ou seja, você dá e recebe. 
Nuca só dar, nem só receber.
Quando Deus disse na sua palavra e tornar-se-ão uma só carne, 
não quis dizer pra um dos cônjuges ficar nulo, ou viver pelo outro, ou entrar dentro do outro. 
Observe a lógica de Deus.
Pra serem um devemos ter um só objetivo, apesar de ser uma via de mão dupla, 
o casal deve caminhar num mesmo sentido, num sentido único, esse é o serem 1 só de Deus.
A lógica do mundo está em: “Se não der certo separa, por isso vamos juntar os trapos”.Isso não é de Deus.
1 + 1 = 2 (separados e individualistas)
pra serem 1 só carne 1+1=1
teria de ser
1+0=1 (onde 1 dos 2 seria nulo) ou
½ + ½ = 1 (ambos dariam metade de si)

Em muitos casos as raposinhas são difíceis de enxergar ou também acreditar, mas estão lá. 
E nunca aparece do nada, de repente, elas vão se alojando e uma vinha forte e saudável pode ser destruída, 
por uma coisinha de nada que eu deixei entrar. Alguém pode dizer: “mas eu não escolhi isso”. 
Mas deixou entrar e se não se aperceber logo, algo intransponível se instaura dentro do lar.
Alguns exemplos:
- RAIVA = Deve ficar atentos com raiva não resolvida, a bíblia nos orienta pra não deixarmos raiz 
de amargura brotar em nosso coração. A raiva, em seguida deve gerar o perdão, senão a falta de perdão 
gera o isolamento que desenvolve a depressão. A depressão nada mais é do que uma tristeza profunda 
que não se explica, é grave claro que sim, mas ela começa numa raiva mal resolvida, que não expulsa, 
que é o liberar o perdão, volta pra dentro com força gerando culpa, segue a tristeza e desenvolve a depressão.
- DINHEIRO = a bíblia nos diz que a raiz de todos os males está o $$, tenho encontrado alguns casais, 
muito preocupados com essa questão, se endividam, começa com um pouquinho, 
depois sobra p/ um dos cônjuges pagar a dívida, ou os 2 trabalham e resolvem definir quem vai se sacrificar mais.
- PROJEÇÃO = na grande maioria dos casos aquilo que você mais detesta e reclama é você quem tem, passe a agradecer ao Senhor e não reclamar mais do outro, você verá uma enorme mudança.
- INFLUÊNCIAS = Essa é a mais perigosa. Cuidado sobre com quem compartilha sua vida conjugal, 
na grande maioria das vezes a pessoa pra quem está contando quer ver sua destruição.

Tenho orientado muitos casais, e em alguns dos casos os casais estão em pé de guerra por amizades.
Buscam sabedoria humana – PV 24:3 – com a sabedoria se edifica a casa e com a inteligência ela se firma
Busquem a sabedoria de Deus, orem mais juntos, derrame sua essência ruim nas mãos do Senhor, 
deixe Ele fazer tudo novo, vida nova, tudo novo.

Muitos protegem a vinha das raposas grandes, mas não protegem contra as pequenas.
Se protege de ver filme pornô, mas não se protege de ouvir comentários ou de falar pornografias 
e tudo começa numa brincadeira, numa risadinha, numa roda ou reunião de amigos, vai uma vez, pedi perdão, 
depois vai mais 1x, qdo vai ver já está todo enlameado.

Ninguém ouve falar de alguém que destruiu sua vida por ago que valia a pena, normalmente deixam 
entrar na vida deles coisas que não valiam a pena

Mt 7:24-27 = conta a estória de 2 homens que construíram suas casas. O 1º construiu na rocha, 
não mediu esforços, cavou bem fundo, fincou as estacas e assim construiu sua casa. Já o 2º era preguiçoso, 
preferiu construir na areia e qdo veio o vento forte e a chuva a derrubou.


REFERENCIAS DE LIVROS E FILMES

Livros: “As raposinhas que destroem o casamento” – editora IFC
“O casamento que eu sempre quis” e “como mudar o que mais me irrita no casamento” – Gary Chapman
“As 5 linguagens do amor”
"Bíblia da Mulher"

Nenhum comentário:

Tradutor